Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

FIFTY SHADES OF VANESSA PAQUETE

FIFTY SHADES OF VANESSA PAQUETE

QUANDO A CHIC`ANA ME CONVIDOU PARA CONTAR UMA ESTÓRIA DA MINHA INFÂNCIA/JUVENTUDE

DSC_0539c.jpg

 

A minha querida amiga Ana deve achar que sou uma amiga desnaturada.


Para além de andar uns tempos afastada, também não coloquei aqui a minha passagem pela sua fántástica rubrica: One Smile A Day, onde a Ana me pediu para contar uma estória da minha juventude.

Como o Blog da Ana me faz sempre sorrir, eu só poderia fazê-la sorrir também evidentemente.

Aqui fica a minha passagem por lá!

O próximo One Smile a Day, por sugestão do Lápis, seria da pessoa que apresentasse a melhor oferta. Carros de luxo e habitações com vista para o mar tinham obviamente prioridade. A Vanessa chegou-se à frente e ofereceu-me várias coisas, mas, quando falou em presunto.. Conquistou-me!


Sendo assim, a convidada de hoje é a Vanessa, autora do blog Fifty Shades of Vanessa Paquete. A Vanessa é uma pessoa que vive a vida intensamente. Adora fotografia e no seu blog poderemos encontrar alguns trabalhos que ajudou a construir. Teimosa e determinada, simpática e acima de tudo, amiga. Troquei muitos sorrisos e histórias com ela, e apesar de dizer que é difícil de aturar, para mim é um doce. Passem pelo espaço dela para a ficarem a conhecer.

 

Já estava a Ana a pensar que aquela " gajita do norte " se havia esquecido do seu convite, mas não!


Ora, ora para começar é uma honra estar nesta rubrica... também já vi que a Anocas é como os políticos pois subornei-a com um "presunto", portanto, se quiserem participar no One Smile A Day vão já pensando na lei do feudalismo...


Bom, vamos lá! Muito obrigado Ana por me deixares participar no teu Blog que tanta adesão possui e que tantas pessoas faz feliz no seu dia-a-dia...eh pá, esqueci-me que a Ana avisou-me para eu ser sucinta e não fazer tipo " elogio fúnebre, salvo seja, ou brinde de casamento " he he he he ...

 

Ora sendo eu uma "mulher do Norte", embora a viver em Lisboa vou falar do quê? Comida, claro está ! A estória tinha de englobar comida!


Tinha eu uns 8 anos de idade, e, à boa maneira nortenha, passávamos nós todos os nossos fins de semana de Verão com a família toda - que continha para aí uns vinte elementos - na praia ou à beira rio etcetera...


Levava-se o garrafão, as garrafas de vinho, o whisky, tachos fogareiro, fogão (que isto de se ir para a praia no norte, vai-se, mas com todos os confortos de casa) e uma série de comida já preparada para ser cozinhada desde manhãzinha. Quem disse que lá por se estar na praia não se pode comer feijoada, rojões à Minhota, arroz de cabidela e afins? Ora nós éramos esse género de família com uma série de gaiatos...


Um belo Domingo fomos para Esposende (local conhecido pelas suas enchentes repentinas), depois de duas horas a montar a casa toda e já com as mulheres da família preparadas para começar a fazer a "feijoada", nós fomos a banhos, de manhã que a feijoada ao almoço só nos permitia ir a banhos ás 17 horas da tarde.


Comida a feijoada, bebido o vinho e o whisky e já com todos a roncar e a fazer a "siesta" não é que naquele belo Domingo a maré começa a subir em Esposende? Ora acordamos todos já meio atolados em lama e  com a típica algazarra da malta do Norte.


Eu - que até sou meia desenrascada e aos 8 anos de idade já o era - peguei nos meus meios primos e meios irmãos, livrei-os dos carros que os atufalhavam e subimos para o tejadilho (note-se que calculei que aguentava bem connosco)!


De repente grita-me a minha tia " Saiam daí seus fedelhos que o primeiro a salvar-se é a feijoada e o vinho "... Ora lá fomos nós para a lama, já a afundarmo-nos até aos joelhos, com a enchente cada vez mais a subir e a olhar para a comidinha sã e salva...


Chamados os bombeiros lá nos tiraram eles daquela confusão e no final parece que  minha tia talvez tivesse razão: é que a paga aos bombeiros foi o dito resto da "feijoada, o vinho e o whisky" ! Esta é daquelas estórias que dá jeito perguntar : " o que salvariam vocês primeiro ? "

 

Eu, sinceramente, estou aqui farta de me rir com a situação, a imaginar a tua tia, completamente indignada, a gritar para salvarem a feijoada!

A água ou a lama podiam levar tudo, tudo menos a comida!

 

Obrigado à minha querida Ana por me ter cedido o seu espaço por um dia e para celebrar só podia ser com os meus "meninos" de infância e Juventude: New Kids On The Block. E que fique ciente Ana que eu ainda canto e danço isto .

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.