Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

FIFTY SHADES OF VANESSA PAQUETE

FIFTY SHADES OF VANESSA PAQUETE

OS PASSEIOS HIGIÉNICOS DE UMA MIÚDA DO NORTE NUMA ALDEIA

Sem Título34 (2).png

Escrevo este POST sentada mesmo diante da fazenda, a aproveitar cada raio desta luz boa. Como barulho de fundo tenho vários pássaros e os Coldplay. Depois da escrita, vou arrumar a casa pequenina em que vivo, esfregar a garagem toda com um bom banho de água e lixivia. Faço tudo de porta aberta, sem sutiã, com um simples TOP e de calções, que aqui o calor já se faz sentir.

Sempre vivi diante do mar, todavia, em 2013 mudei-me para a entrada do Alentejo (Setúbal fica a 17 kms).

Sempre pude caminhar livremente na Serra  da Arrábida ( o meu sítio preferido de visita ), no paredão de Setúbal - cidade onde faço a minha vida regurlamente - , contudo, o Estado de Emergência obrigou a TST ( Transportadora Sul do Tejo ) a colocar 600 trabalhadores em casa, o que cortou o acesso de ligação, via transporte público , de todas as cidades abaixo da Ponte Vasco da Gama.

Tal acto , já custou a TST vários processos das câmaras totalmente dependentes do seu transporte , como é o caso a câmara de Sesimbra, Setúbal, Palmela, Azeitão, Seixal, Almada, Montijo, Barreiro e todas as aldeias circundantes. Como tal, ficamos totalmente confinados a " terriola " !

DSC01019.jpg

Como a minha zona é campestre e já um pouco a entrada do Alentejo, , dei preferência aos percursos por onde quase ninguém passa, por trilhos de terra batida, onde abundam pinhais, vinhas, algumas herdades e muita agricultura. Equipo-me da máquina fotográfica, óculos de sol, os meus ténis de caminhada, telemóvel e ecuta sempre atenta. Por norma, estaria de fones e música a tocar, porém, gosto de escutar o chilrrear dos pássaros, a movimentação da natureza e de esstar atenta a qualquer perigo, óbvio!

 Amo observar as vinhas, vejo na fazenda onde habito que a chuva ajuda a que toda a natureza de desdobre de um dia para o outro e tudo floresça depressa

Ao longo da minha caminhada encontro flores campestres lindas;  malmequeres brancos e amarelos, as flores do mato, os pinheiros novos, e encontro lamaçais enormes que se parecem com lagoas cristalinas que espelham a natureza ( tenho uma mesmo diante de casa e, para quem não saiba, passo a ferro a contemplar uma lagoa dessas e tendo como sombra um limoeiro ). Muitas das vezes distraio-me a fazer esta lide doméstica porque aparecem patos na lagoa, fico encantanda, saio de casa em pantufas e vou ter com os doceis animais de penugem branca e, sempre tão sorridentes !

89679900_2888927257812186_6415109873683398656_o.jp

No meio da minha caminhada pelos pinhais aparece um ou outro rasto de bicicleta. De vez em quando cruzo-me com algum casal que também vai fazer o seu passeio. Desfruto da tranquilidade que só a natureza pode oferecer. Ando sem fôlego! A gordura imensa e a ansiedade assim ditam o meu estado. Vou parando para tirar fotografias , aqui e ali ! Sou uma adepta nata de fotografia e não consigo resistir a natureza que me rodeia .

No fim, quando chego a casa, estou cansada mas tranquila.

Manter a sanidade mental e algum exercício físico é fundamental! 

90331842_2888926877812224_455081652213776384_o.jpg

89427505_2888927601145485_822984178512429056_o.jpg

89595906_2888927984478780_5322571524744413184_o.jp

DSC01020.jpg

DSC01010.jpg

Texto & Crítica: Vanessa Paquete 2018  ©

Fotos: Vanessa Paquete ©
Flyers: Vanessa Paquete

Todos os Direitos Reservados

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.