Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

FIFTY SHADES OF VANESSA PAQUETE

FIFTY SHADES OF VANESSA PAQUETE

" ME BEFORE YOU " CHEGA AS SALAS DE CINEMA EM AGOSTO 2016: Estrelas de Game Of Thrones & Hunger Games far-nos-ão gastar todos os kleenex possiveis e inimagináveis no drama romântico do ANO.

 

Sem TítuloV.jpg

 

Estreia já em Agosto, aquele que parece ser o drama aclamado do ano: “ Me Before You “ .O filme, inspirado no famoso romance homónimo da britânica Jojo Moyes, um best-seller aclamado pela crítica internacional, foi adaptado ao cinema pelas produtoras New Line Cinema e Metro-Goldwyn-Mayer Pictures. "Viver Depois de Ti" tem como protagonistas Emilia Clarke ("A Guerra dos Tronos") e Sam Claflin (da série "Os Jogos da Fome"), e é realizado por Thea Sharrock, que faz assim a sua estreia na realização de longas-metragens.


As estrelas de Game Of Thrones (Emily Clarke) & Hunger Games (Sam Claaflin) juntam-se num filme que far-nos-á gastar todos os kleenex possíveis e inimagináveis a face da terra. Will Traynor (Sam Claflin) é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e desportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Quando ele contrata a jovem Louisa Clark (Emília Clarke) para cuidar dele, jamais desconfia que ela está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.


Muito provavelmente se já estiverem habituados a estórias adaptadas de Nicholas Sparks ou John Green, o vosso coração não irá titubear tanto ante o desenrolar da narrativa. Afinal de contas, não haver finais felizes, tornou-se no maior cliché cinematográfico do século XXI. De antemão, quase que sabemos que se é uma adaptação destes autores, iremos ter o choro convulsivo como a terceira personagem principal da trama e aqui não existe uma exceção a regra, todavia, existe sempre uma moral implícita: por detrás da escuridão existe luz, depois do adeus existe uma recordação que dar-nos-á forças para continuar.

 

before you.jpg

 

A experiência muda-nos a vida, faz-nos ver a existência de uma perspetiva completamente diferente e transforma-nos num ser humano mais forte; é essa a analogia, é essa a mensagem a ser transmitida: O amor já não consegue resistir as vicissitudes da vida mas ainda consegue ser o salvador pioneiro a nível psíquico. Possui um cariz transformador. Basta amarmos uns momentos para que a nossa vida se modifique.


O amor já não é eterno!


Nem precisa de ser desde que o guardemos num cantinho recôndito do nosso coração, porque, hoje em dia, já não existe uma garantia de “ finais felizes” para nada nem ninguém, mas, e se ao invés, de chorarmos sobre o nosso final feliz que nunca conseguiremos alcançar, abraçarmos a vida com todos os contratempos que ela nos coloca à prova?


A protagonista de “Viver Depois De Ti” é Louisa Clark, uma jovem de 26 anos com pouquíssimas ambições na vida e uma posição subalterna como empregada de mesa num café local que acaba por abrir falência. Louisa "Lou" Clark (Emilia Clarke de Game Of Thrones) vive numa pitoresca vila no campo, em Inglaterra. Sem um rumo definido na vida, a excêntrica e criativa jovem de 26 anos anda de trabalho em trabalho para ajudar a sua abastada família, porém, o encerramento do café onde trabalha fá-la apelar ao Centro de Emprego local que poucas ofertas de trabalho tem para lhe oferecer dado o seu já vasto curriculum e vaivém laboral.


Ao aceitar um emprego numa mansão local, Lou torna-se assistente domiciliária e companhia de Will Traynor (Sam Claflin de Hunger Games), um jovem e abastado banqueiro confinado a uma cadeira de rodas após um acidente ocorrido há dois anos. Abandonado a letargia e a indiferença da vida e entregue ao seu infortúnio de ser tetraplégico, a alma aventureira de Will de tempos idos desvanece-se e ele transforma-se num homem cínico que desistiu de praticamente tudo.

 

CfaJRABXIAAdeww.jpg

 

A relação entre Lou e Will começa inicialmente por ser uma colisão de dois asteroides: um cheio de fogo e energia, vivido e em chamas e outro, a correr velozmente para o embate frontal da destruição. O amor entre ambos não ocorre com borboletas no estomago nem arco-íris a desenharem-se aquando da primeira troca de olhares. Muito pelo contrário, Will, acha Lou insípida, irresponsável, demasiado excêntrica e uma cabeça de vento. Um contraste da sua própria personalidade ou da pessoa que Will era antes do acidente: um aclamado advogado londrino, de pés assentes na terra, extremamente competitivo e ambicioso, adepto de desportos radicais e apaixonado por Alicia, o seu espelho de água, claro!


Lou, apesar da constante desmotivação de Will e suprema arrogância, vai esforçar-se desmesuradamente para tentar ajudá-lo, mas tudo o que receberá será indiferença e comentários rudes ante a sua presença. Somente pela insistência da mãe de Will, Louisa mantém o seu emprego e decide revidar, respondendo na mesma moeda à Will, cheia de sarcasmo e ignorando o seu estado físico. Tal atitude parece mostrar a Will uma outra faceta de Louisa mais atrevida e até descarada o que faz com que o jovem milionário de 35 anos, abra uma pequena exceção no seu mundo circunspecto e deixe Lou aproximar-se dele enquanto amiga.


Um detalhe peculiar é que Louisa veste-se de forma bem inusitada. Ela adora misturar cores e todos os tipos de padrões. Uma característica que mostra bem como a personagem de Emily Clarke trouxe cor à vida de Will.

 

 

A relação de ambos comprova que os opostos atraem-se e que dois seres com personalidades completamente diferentes e visões de vida contraditorias se podem complementar. Lou tenta incutir em Will o apreço pela vida e a sua paixão por tudo o que a rodeia e a possiblidade de haver uma existência para lá da tragédia, enquanto que Will, fará desabrochar na acomodada e pouca ambiciosa Louise, o desejo de construir objetivos a longo prazo, alargar horizontes e criar-se como um ser autosuficiente.


Não é uma narrativa de contornos felizes, muito pelo contrário, existe uma série de pequenos pormenores que ajudam a estória a ganhar vida e a fazer dela uma trama curiosa e a colocar-nos a nós próprios uma série de questões. O que faríamos no lugar de Will? Não é o amor o santo graal abençoado que todos desejamos alcançar? Não é ele um motivo para se desejar viver?


“Me Before You” é, acima de tudo, uma história de autoconhecimento. Will sabia quem ele era antes do acidente e sabia que aquele “EU” tetraplégico não era ELE e isso faz com que a personagem se transforme noutra pessoa e decida tomar certas decisões. Lou, pelo contrário, não sabia quem era e foi-lhe necesário conhecer Will e apaixonar-se por ele para realmente encontrar-se a si própria e descobrir quem É de verdade!

 

303307.jpg

 

Design de Flyers: Vanessa Paquete 2016 ©

Texto & Crítica: Vanessa Paquete 2016 ©

Todos os Direitos Reservados ®

 

5 comentários

  • Imagem de perfil

    #HOTDEVIL

    31.05.16

    É um daqueles filmes Ana em que se chora mesmo
    O livro pôs-me um farrapo completo !
    Eu sou muito emocional e - por mais que tente passar a ideia de mulher fria e insensível - a verdade é que sou por completo o oposto disso tudo, ou seja, sou verdadeiramente emocional !
  • Imagem de perfil

    Chic'Ana

    31.05.16

    Pois, estou a ver que temos ambas as nossas barreiras, tu que transpareces ser fria, apesar de não o seres e pelas nossas conversas és um doce, eu mais trapalhona, mas no fundo duas choronas e muito sensíveis =)
  • Imagem de perfil

    #HOTDEVIL

    31.05.16

    Eu - por acaso - ergo mesmo barreiras ! O que dá uma outra impressão minha as pessoas. Acho que vais adorar a crónica que se segue neste Blogue que é " Globos de Ouro 2016 ou a minha via sacra lacrimal " que relata a minha ida aos Globos fotografar e assistir a cerimónia ! Assistir, assisti ! Fotografar foi-me impossível !
  • Imagem de perfil

    Chic'Ana

    31.05.16

    Imagino! Quero ler sim, se eu não aparecer faz favor "puxa-me as orelhas"!
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.