Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

FIFTY SHADES OF VANESSA PAQUETE

FIFTY SHADES OF VANESSA PAQUETE

LAURA PAUSINI : DA MELANCOLIA ROMÂNTICA DE TRA TE E IL MARE A EMANCIPAÇÃO DE RESTA IN ASCOLTO

LP1.jpg

 

Falar da transição de Laura Pausini ao longo dos anos envolve sempre uma intrínseca relação com a rutura com o seu manager e noivo da altura, Alfredo Cerruti, mas também o designatório encontro com Biagio Antonacci que, com um tema apenas, marcaria para todo o sempre a sua carreira musical. O álbum é, claramente, um álbum de retorno as raízes após Laura ter experimentado algo mais pop & eletrónico. O lançamento do álbum foi antecipado pelo single Tra te e il mare, de autoria do cantor italiano Biagio Antonacci, lançado e presente nas rádios a partir do dia 2 de setembro de 2000..

 

O disco contém 14 faixas inéditas, e apesar de marcar a cessação definitiva das temáticas adolescentes de Laura Pausini, não apresentou grandes novidades em relação aos seus álbuns anteriores. As canções que compõe o álbum têm como temas principais o amor (Tra te e il mare, Come si fa, Anche se non mi vuoi, Volevo dirti che ti amo), a saudade (Viaggio con te, Ricordami) e a busca de energia para superar os problemas (Fidati di me), temas esses característicos também do repertório precedente da cantora italiana.

 

A primeira faixa do disco, Siamo noi, é dedicada às pessoas de todos os dias e conta a normalidade da insegurança, a canção Per vivere aborda o tema das favelas brasileiras e é dedicado a uma criança de 9 anos que Laura Pausini conheceu no Rio de Janeiro, Jenny trata-se de uma canção que foi inspirada no filme Cidade dos Anjos, que conta a história de um anjo que busca o seu “outro”!

 

11221277_125722707777266_8377877398357508625_n.jpg

Entre as outras canções presentes no álbum estão Anche se non mi vuoi, que retrata os momentos de crise de um casamento; Ricordami, que segue pelo mesmo caminho mas até possui uma letra cativante “ Recorda-me no frio de Milão “ ; Volevo dirti che ti amo, expressão musical de uma declaração de amor bem bonita e, mais uma vez, com uma letra até bastante emotiva; Musica sarà representa a paixão pela música; Come si fa, pergunta como se pode terminar um grande amor se ambos ainda se amam; Viaggio con te, que é dedicada ao seu pai, Fabrizio Pausini; e fechando o disco, uma canção em inglês, The extra mile, inserida na banda sonora de Pokemon (creio que um tema que ninguém recorda tampouco).

 

 

Muitas das canções do álbum têm a própria Laura Pausini como autora em parceria com Cheope e Giuseppe Dati, todavia, não trouxeram nada de novo a sua vida ou ao seu repertório, aparte claro, a faixa título “ Tra Te E Il Mare “ que até aos dias de hoje é obrigatoriamente interpretada em todo os concertos e uma favorita dos fãs. As restantes faixas acabariam esquecidas numa gaveta para nunca mais serem interpretadas. O visual de Laura também se apresentava muito recatado, cândido e singelo; sem sorrisos nas fotografias ou grandes expressões faciais, a não ser o seu olhar de melancolia. Uma Laura bem diferente daquela que conhecemos hoje!

 

LP2.jpg

 

Resta in Ascolto foi o álbum que mudou tudo após uma série de desilusões, quer a nível pessoal / quer a nível profissional, retratando uma Laura que, inclusive, padeceu do pânico da sua carreira ter terminado no ínicio do milênio tal eram as intempéries que a assolavam.

 

Não sabemos se o oitavo álbum de estúdio da artista musical italiana Laura Pausini teve alguma inspiração no Achtung Baybe dos U2 de inícios da década de 90, pois não só AB seria um álbum de metamorfose e novas experiências para a banda após um possível termino como o título é igual. Resta In Ascolta (Presta Atenção) seguiria o mesmo rumo de catarse psíquica de Achtung Baybe (Presta Atenção Querida) dos U2.

 

O álbum apresenta um desprendimento do romantismo presente em materiais anteriores e mostra uma imagem diferente e muito mais "agressiva" e madura de Pausini, tendo recebido em geral comentários positivos da crítica especializada. Assim como trabalhos anteriores, este também teve uma versão adaptada para o espanhol denominada Escucha. Voltada especialmente para a América Latina e Espanha, a variante destacou-se por receber inúmeras premiações, dentre as quais as mais notáveis foram o Grammy Latino e o Grammy Awards, tornando Laura a primeira e única artista feminina italiana a conquistar tais premiações.

 

A cantora descreveu o álbum como "um tratado de liberdade". Complementou também que "a letra e a música das canções são como um orgasmo e que escreveu todo o álbum lavada em lágrimas “. Os seus temas em geral deixam para trás os textos românticos que marcaram a carreira de Pausini desde o início. A sua criação foi iniciada cerca de dois anos antes da sua publicação, logo após o fim do relacionamento amoroso de Laura, o qual gerou-lhe uma "grande fase de depressão".

 

"La prospettiva di me" abre o disco falando sobre a vontade de independência e de autonomia; de "como às vezes na vida é necessário colocar um ponto e começar de novo e apagar tudo o resto que está para trás, nem que englobe amigos em conjunto e números de telemóvel “ "Vivimi" é a primeira balada do disco e a mais fiel ao tradicional estilo de Laura, por ser melódica e íntima. A faixa-título é uma canção de amor/vingança, caracterizada por uma forte energia e por uma leve sutileza de rock que marcaria para todo o sempre os concertos de Laura dado a sua dinâmica rockeira e o seu cariz explosivo. "Come se non fosse stato mai amore" demonstra, novamente, a raiva, amargura e desilusão da intérprete; mais um tema que passaria a ser interpretado incessantemente LIVE. "Parlami" retoma sua antecessora, tratando sobre o temor de perceber o erro tardiamente e "não poder mais recuperar a situação". "Dove l’aria è polvere" traz como tema a Guerra do Iraque: a cantora se mostra contra o conflito, contando a história de Ismail Abbas, um jovem de 12 anos que, por consequência do conflito, perdeu a família e ambos os braços. "Amare veramente" refere-se a confiar novamente no amor.

 

O visual de Laura mudou por completo; a metamorfose é incrível: jeans, uma Laura muito mais liberta e ciente da sua sensualidade de mulher, a usar cabedal e com um olhar incisivo a gritar numa montanha da califórnia sem ter recorrido a uma dupla. Entre Tra Te E Il Mare e Resta In Ascolto existe um fosso gigante e, talvez por isso, os considere dois álbuns chave na sua carreira. O álbum From The Inside foi um erro. O Best Of de 2001 presenteou-nos com um tema fantástico “E Ritorno Da Te “ , todavia, caracterizando a sua carreira, foi entre 2001 e 2004 que tudo aconteceu na sua vida ; nomeadamente a mudança que poderia ter posto um termino na sua carreira ou poderia tê-la transformado na maior cantora italiana de todos os tempos: Resta In Ascolto ditou o segundo veredicto!

 

LP3.jpg

 

Tra Te E Il Mare el album de el reencuentro con sus raíces...
Después de una breve visita a la música pop más europea Laura regresó a los sonidos melódicos que sempre a caracterizaron Fue una importante reunión también con Biagio ya que la música Tra Te E Il Mare sería una de las favoritas de sus fans 

 

Tra te e il mare, album della riunione con le loro radici ... Dopo una breve visita alla musica europea, Laura a ritornato al suono melodico de sempre...E 'stato anche un incontro importante perché la musica di Biagio Tra Te E Il Mare sei una dei preferiti dei suoi fan 

 

Tra Te E Il Mare l` album de la réunion avec leur racines ... Après une brève visite à la musique pop européenne Laura retourne à la chanson mélodique qui le a toujours marquée... Il a également été une réunion importante avec Biagio parce que sa musique Tra Te E Il Mare serait un favori de ses fans 

 

Tra Te E Il Mare, the album of the reunion with her roots ... After a brief visit to the European pop music Laura returned to the melodic sounds that marked her career It was also an important meeting with Biagio cause his music Tra Te E Il Mare would be a favorite of her fans 

 

 

Resta In Ascolto 
Para mí, el álbum de la emancipación de Laura Pausini
Su pasaporte hasta la libertad y la creación artística  El álbum de la venganza también ... de el dolor, la miseria, el sufrimiento .Pero al final del álbum de la victoria y el reencuentro consigo misma. Uno de los más autobiográficos de Laura Pausini !

 

Resta in Ascolto Per me, l'album della emancipazione del Laura ! Su passaporto per la libertà e la creazione artística L'album anche del dolore, la miseria, la sofferenza Ma alla fine il album de la vittoria e ricongiungimento con se stesso. Uno dei più autobiográfico di Laura Pausini!

 

Resta in Ascolto Pour moi, l'album de l'émancipation de Laura Pausini !  Son passeport pour la liberté et la création artistique L'album également de la vengeance de la douleur, de la misère et de la souffrance Mais à la fin l`album de la victoire et le reencontre avec elle-même. L'un des plus autobiographique de Laura Pausini!

 

Resta in Ascolto For me, the album of the emancipation of Laura Pausini!  Her passport to freedom and artistic creation... The album also of revenge, of pain, misery and suffering ut at the end of l`album victory is claimed and she found herself within her doubts and fears ! One of the most autobiographical of Laura Pausini!

 

19907513_DzzaB.jpg