Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

FIFTY SHADES OF VANESSA PAQUETE

FIFTY SHADES OF VANESSA PAQUETE

HARRY & MEGHAN MARKLE : O PORQUÊ DO AFASTAMENTO, A REVOLTA DO POVO BRITÂNICO, A INTRUSÃO DA IMPRENSA, RACISMO & PROJECTOS A ESCALA GLOBAL

H6.jpg

Harry, 35, e Meghan, 38 anos, lançaram uma bomba no Palácio de Buckingham e nas suas respetivas famílias na passada quarta-feira, quando anunciaram o seu plano (via online através da sua conta oficial do Instagram ) de reduzirem os seus papéis na família real britânica, dividindo o seu tempo entre o Reino Unido e a América do Norte e alcançarem a sua própria independência financeira.

"Optamos por fazer a transição este ano, começando a desempenhar um novo papel vanguardista dentro desta instituição", compartilhou o casal em comunicado. “Pretendemos afastarmo-nos como membros 'seniores' da Família Real e trabalhar para tornarmo-nos financeiramente independentes, enquanto continuaremos a apoiar totalmente Sua Majestade, a Rainha. É com o vosso encorajamento, principalmente nos últimos anos, que nos sentimos preparados para fazer este ajuste ".

"Planeamos equilibrar o nosso tempo entre o Reino Unido e a América do Norte, continuando a honrar o nosso dever para com a rainha, a Commonwealth, as nossas Instituições", prosseguiram. "Esse equilíbrio geográfico irá permitir que o nosso filho possa apreciar/ usufruir da tradição real em que ele nasceu, além de proporcionar à nossa família o espaço para se concentrar num próximo capítulo, incluindo o lançamento de nossa nova Instituição de Caridade".

"Estamos ansiosos para compartilhar todos os detalhes deste emocionante próximo passo no devido tempo, enquanto continuaremos a colaborar com Sua Majestade, a Rainha, o Príncipe de Gales, o Duque de Cambridge e todas as partes relevantes. Até então, aceitem o nosso mais profundo obrigado pelo vosso apoio contínuo ", acrescentou o casal, que supostamente manterá os seus títulos reais.


As notícias criaram uma onda de choque no Palácio de Buckingham, que logo em seguida transmitiram uma declaração própria envolvida em algum pesar e, de certo modo, gélida!

A Monarquia Britânica há muito que apostava todas as suas fichas nos quatro fabulosos Duques de Cambridge e Duques de Sussex; respetivamente, William, Kate, Harry e Meghan. Os filhos de Diana representam para a Grã Bretanha um propósito monárquico para tal Instituição ainda existir ; jovens, carismáticos, ligados profundamente a uma série de causas sociais, alcançáveis, influentes, dados ao povo e feitos à medida do povo ( ou não fossem eles filhos da Princesa Diana ).O próximo em linha a ascender ao trono ( Príncipe Carlos de Gales ) não parece interessar muito a grande parte dos Britânicos ( tampouco os seniores ) que – porventura – ainda não lhe perdoaram os pecadilhos aquando da relação com Diana e o facto de se ter casado com a sua ex-amante Camila aka Duquesa da Cornualha.

69f95d7fb4dbe91e8e4fcdc1abf3cd64.jpg

 

A acrescentar a tal, o Príncipe Andrew, também teve de abdicar e afastar-se da Monarquia.

Harry é o sexto na fila do trono britânico, atrás do pai, do irmão mais velho Prince William e dos três filhos de seu irmão. O ex-oficial do exército britânico é um dos membros mais populares da família real e passou toda a sua vida, contrariado, nas luzes da ribalta. Todavia, essa sua lacuna de razão & dever e lado emocional só o aproximou mais do público que via Harry como um dos “seus “!

A querela real expôs ainda mais divisões dentro da monarquia britânica, que foi abalada em novembro passado, pela desastrosa entrevista na televisão do príncipe Andrew sobre a sua relação com o falecido criminoso sexual Jeffrey Epstein. Andrew, o segundo filho da rainha, renunciou aos seus deveres reais e a todos os patronatos que mantinha sob a sua tutela, depois de ser acusado por uma mulher que se diz vítima de tráfico de Epstein, tendo estado com o príncipe sob o julgo de trafico humano.

Já Harry e Meghan haviam lançado um documentário em outubro passado, após a sua visita real a Africa num tom, claramente, pungente, desiludido e abatido relativamente aos seu papeis na Monarquia Britânica e a constante intrusão dos paparazzi que parecia estar a levá-los – a ambos – a um claro esgotamento.

H5.jpg

 

Harry e Markle enfrentaram uma série de críticas por parte da imprensa britânica e do próprio povo inglês – mais uma vez - devido a sua decisão. Há muito que se queixavam da cobertura intrusiva da imprensa e acusavam alguns comentadores da imprensa britânica de racismo contra a duquesa biracial.

Esta semana, em consonância com o seu comunicado e o lançamento do Site Oficial dos Duques de Sussex ( aparentemente a ser elaborado e construído nas sombras há mais de seis meses ) , os Duques criticaram os acordos de longa data do país relativamente a cobertura por parte dos média de todos e quaisquer eventos reais e insistiram que a partir de agora eles preferem falar diretamente com o público através das Redes Sociais e escolherem os seus próprios fotógrafos . Significa isto, uma lista interminável de interdições a uma série de revistas e jornais, com os quais, aliás, Harry tem processos judiciais a decorrer devido ao tratamento dado a Meghan.

Muitos na Grã-Bretanha, no entanto, expressaram simpatia pelo casal real. O legislador do Partido Trabalhista Clive Lewis, na sexta-feira, a comunicação social referiu que entendeu a decisão deles.

"É extremamente infeliz e um sinal da imprensa que temos que eles sintam que precisam fazer isto", disse ele. "Eu sei que não é a única razão. Mas se vocês olharem para a intrusão na vida deles, se vocês olharem para o racismo que Meghan Markle experimentou na imprensa britânica, então eu consigo compreendê-los ''

gallery_1_1 (4).jpg

 

A declaração do casal na quarta-feira deixou muitas perguntas sem resposta – o que é que os Duques planeiam fazer e como obterão o seu rendimento sem manchar a imagem real. No momento, eles são amplamente financiados pelo pai de Harry, o príncipe Carlos, através da renda da sua vasta propriedade no Ducado da Cornualha.

O casal disse que planeia cortar os laços definitivamente com o apoio do contribuinte britânico concedido anualmente à rainha para uso oficial, que atualmente cobre 5% dos custos de administração de seu escritório. Mas os comentadores questionaram se o casal real interpretou o quanto custam verdadeiramente ao país, argumentando que a sua declaração não parece cobrir algumas das despesas embutidas na vida real, como por exemplo os seguranças privados, voos constantes, a mansão onde residem, o avultado custo do seu casamento, contudo, está tudo esclarecido e explicito no seu Site Oficial.

Não existe um único assunto que não tenha sido abordado, desde o custo da policia nacional, as viagens pessoais, outras em nome de sua majestade ( não esquecer que Harry e Meghan são respetivamente os presidentes e vice-presidentes da Comunidade das Nações ) , a casa de Frogmare, etc.

Um amigo do casal, o jornalista Tom Bradby, referiu que Harry e Markle foram informados, enquanto no Canadá, durante a época festiva, que o foco futuro da monarquia estaria naqueles no topo da linha de sucessão. Uma imagem divulgada nas redes sociais da rainha e dos três próximos candidatos ao trono - Charles, William e seu filho George - destacou a mensagem de quem os Windsors veem como os seus membros principais.

Contudo, tal não se compatibiliza com o Site Oficial dos Duques de Sussex lançado aquando do comunicado, pois o Site há meses que estava a ser preparado e o documentário de outubro da ITV também já demonstrava a desilusão e o cansaço de ambos ante a Imprensa e a rixa entre irmãos portanto por detrás das portas do palácio já muita coisa se sabia!

H7.jpg

Harry e Markle têm os seus próprios recursos consideráveis para se lançarem financeiramente nos seus projetos sem o julgo da monarquia ou o protocolo sobre as suas cabeças. Harry herdou cerca de 7 milhões de libras (9 milhões de dólares) de sua falecida mãe, a princesa Diana, além de dinheiro de sua bisavó. Markle teve um sucesso considerável em Toronto com a série “ Suits” o que a fez acumular algum dinheiro enquanto atriz ( porém, nada de considerável).

Antes de se casar-se com o príncipe Harry , Markle conquistou também uma carreira de sucesso como “influenciadora” de estilo de vida num blog bastante popular; o agora extinto The Tig.

Meghan nunca escondeu que era uma feminista acérrima, uma ativista, uma oradora exímia e uma defensora de várias causas ligadas ao sexo feminino, por seu lado, Harry mostrou nos últimos anos uma maturidade inigualável que não se coaduna com Le Enfant Terrible de anos transatos : foi para o Afeganistão em defesa do seu país; organizou os Invictus Games para soldados desmoralizados, feridos e com stress traumático pós guerra , criou a Fundação Sentebale para auxiliar crianças a padecer do vírus da sida , foi o I a abordar o delicado tema da saúde mental , usando o seu próprio exemplo como apanágio para as Instituições a serem criadas em prol de tal.

Porém, uma coisa é certa: para o povo Britânico virar as costas a Monarquia é uma ofensa imperdoável; preferir a América do Norte a sua nação é um ultraje; usufruir de títulos reais e passearem-se em território estrangeiro equivale a desrespeito e ingratidão para quem os apoiou. Talvez nós, de fora, tenhamos uma visão mais apaziguadora e até simpatizemos com as causas do casal, mas os Britânicos são nacionalistas in extremis e acreditam que Harry e Meghan não podem ter o pé esquerdo num Continente, e o direito noutro.

O timing do comunicado também foi péssimo, visto que a duquesa Kate celebrava o seu 38 aniversário no dia seguinte. E lá se defendeu Harry, argumentando, que há fugas de informação no palácio e na imprensa e que teve de se antecipar!

32e9d9bb5653b200d4ba8115aa247983.jpg

E assim se deu a Crise Monárquica que mais não se trata de uma forma vanguardista de membros da Monarquia abraçar o mundo e não apenas a Grã Bretanha . No Site dos Duques de Sussex, que não pretendem renunciar aos seus títulos pois tencionam continuar ao serviço de Sua Majestade, pode ler-se uma das causas a ser apoiadas pelo Príncipe Harry : o Estigma da Saúde Mental , do qual, a sua própria mãe Diana padeceu e inclusive, Harry !

Com muita frequência, o estigma associado à saúde mental impede as pessoas que estão a lutar de procurar o apoio de que precisam. O Duque de Sussex acredita firmemente que a gestão do bem-estar e do condicionamento mental é a resposta para a maioria dos nossos problemas. Da comunidade das forças armadas à juventude marginalizada, passando pelas suas próprias experiências, o príncipe Harry tornou-se uma figura de proa do movimento de saúde mental. Após um ano e meio de desenvolvimento, o Duque lançará uma série especial de saúde mental na AppleTV +, que ele cocriou e produziu com Oprah Winfrey. O objetivo da série explora a estigmatização da saúde mental e esforça-se para equipar pessoas de todas as origens com as informações e ferramentas certas para prosperar. O seu compromisso com o bem-estar mental é uma tendência subjacente de grande parte do seu trabalho desde 2011 e inclui a campanha Heads Together, que ele e o duque e a duquesa de Cambridge lideraram em 2017. Essa campanha iniciou uma conversa mais positiva e produtiva sobre bem-estar mental dentro do país, no Reino Unido, e ajudou a angariar fundos vitais para oito instituições de caridade em saúde mental “

Para se entender as decisões de Meghan e Harry há que que lê-los, entende-los, e não apenas divulgar as headlines sensacionalistas do costume.

Para mais informações e esclarecimento acedam ao Site Oficial dos Duques de Sussex e verão que vale a pena !

https://sussexroyal.com/

O documentário que terá dado inicio a tudo. Frases reveladoras. Confissões. Um apelo a Imprensa Britânica para deixar a sua vida pessoal em paz e focarem-se nas suas causas humanitárias. Após uma bem sucedida Tour Real em África com um impacto positivo excelente, Meghan e Harry processaram três jornais: a Imprensa Britânica chamou-os de " loucos " & " paranóicos "  !

Design de Flyers: Vanessa Paquete 2020 ©
Texto & Crítica: Vanessa Paquete 2020 ©
Fontes/ Sources: FOX NEWS, BBC, BBC ONE, TOM BRADLEY ©
Fotos Principais: Todos os Direitos de Autor Pertencem aos Respetivos Fotógrafos ©
Getty Images ©
Pinterest ©
Sussex.Royal.com ©
Texto Saúde Mental : Sussex.Royal.com ©

 

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.