Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

FIFTY SHADES OF VANESSA PAQUETE

FIFTY SHADES OF VANESSA PAQUETE

DESIFOTO LISBOA : VISITA FOTOGRÁFICA 26 FEVEREIRO 2016 AO ALIANÇA UNDERGROUND MUSEUM (INSCRIÇÕES & INFORMAÇÕES)

12400946_1713341465580359_4637221240116605277_n.jp

 

A Desifoto Lisboa CONVIDA todos os fotógrafos a participar no evento, de fotografia a realizar no dia 26 de Fevereiro de 2016 das 10:30h às 17:00h “VISITA FOTOGRÁFICA PROMO. AO MUSEU SUBTERRÂNEO DA ALIANÇA VINHOS DE PORTUGAL “ em Sangalhos (concelho de Anadia)

Este evento NÃO TERÁ CUSTOS associados, apenas terão que visitar o museu fotograficamente, sendo subterrâneo a limosidade será reduzida, julgo ser uma boa oportunidade de visitar fotograficamente esta pequena e inédita maravilha.

Venham vistar connosco o primeiro Museu Subterrâneo onde estagiam espumantes, vinhos e aguardentes em perfeita união com 8 colecções artísticas.

Os interessados peço o favor que enviem mesagem privada ou e-mail ( desifoto1@gmail.com) com o nome e localidade, no assunto deverão colocar “VISITA FOTOGRAFICA PROMO. AO MUSEU SUBTERRÂNEO DA ALIANÇA VINHOS DE PORTUGAL”

Vídeo:  https://www.youtube.com/watch?v=gt-jfbXbF34  

Morada:
Aliança Vinhos de Portugal, S.A.
Rua do Comércio, 444
3780-124 Sangalhos

GPS: 40°29'21.66"N | 8°28'18.08"O

Esta visita conta com o apoio :
Aliança Vinhos de Portugal
Site: http://www.alianca.pt/pt/enoturismo/list/scripts/core.htm?p=enoturismo&f=list&lang=pt&idcont=619
Pagina: https://www.facebook.com/AliancaVinhos/?fref=ts
Bacalhoa Vinhos de Portugal
Pagina: https://www.facebook.com/Bacalhoa/?fref=ts
 

12553105_1713403028907536_3227366142264432568_n.jp

 

Foi em 1927 que 11 associados liderados por Domingos Silva e Ângelo Neves decidiram fundar, em Sangalhos (Anadia), a Aliança, que conta já com mais de 80 anos de vida. Esta iniciou a sua actividade exportando de imediato para o Brasil, África e Europa e hoje, mais de 50% da sua produção destina-se à exportação, sobretudo de vinhos, espumantes e aguardentes, imagem de marca da Aliança em Portugal e nos cerca de 60 países para onde exporta.

 

Em 2007, a Bacalhôa Vinhos de Portugal adquiriu o capital maioritário da Aliança, passando esta a pertencer ao Grupo Bacalhôa, tendo sido a designação social das Caves Aliança S.A alterada para Aliança Vinhos de Portugal S.A., momento em que se procedeu igualmente a uma mudança da imagem institucional.

Os vinhos da Aliança, como o Quinta dos Quatro Ventos, Quinta da Garrida, Quinta da Terrugem e Quinta das Baceladas, receberam já vários prémios nacionais e internacionais, tendo sido a empresa considerada em 2005, pela prestigiada revista norte-americana, Wine Spectator, uma das 20 melhores empresas do sector a nível mundial. A única da Península Ibérica incluída nesta classificação.

Recentemente foram realizados fortes investimentos tendo sido recuperadas as instalações em Sangalhos e inaugurado o Aliança Underground Museum. Um espaço expositivo, que se desenvolve ao longo das tradicionais caves da Aliança Vinhos de Portugal e que versa áreas como a arqueologia, etnografia, mineralogia, paleontologia, azulejaria e cerâmica, abrangendo uma impressionante extensão temporal com milhões de anos. Estes acervos resultam do cuidado constante do coleccionador José Berardo, em imunizar peças e obras de arte, de múltiplas origens e espécies, com significado por vezes histórico, por vezes sentimental.  

 

Coleção Arqueológica 

 

Conjunto de figuras em terracota com cerca de 1500 anos, provenientes da antiga cultura Bura-Asinda-Sika, do Níger, no continente Africano.

 

Bura%20copy.jpg

 

Coleção Arte Etnográfica Africana

 

Colecção composta por diversos objectos etnográficos, que contemplam estátuas, máscaras, armas, artigos de prestígio, joalharia, utensílios de quotidiano, entre muitos outros, testemunhando a imaginação dos seus criadores e utilizadores.

 

Colecção%20Etnográfica%20Africana1_JPG.jpg

 

Escultura do Zimbabué

 

Acervo de escultura em pedra do Zimbabué, que representa um novo género de arte criado numa situação de modernidade, no início da década de 1960. Reúne obras da primeira geração de artistas de Tengenenge, comunidade de escultores, que desde 1966 é parte integrante do movimento artístico. Ainda, em plena expansão, este movimento entrou já na sua terceira geração de artistas.

 

Escultura-copy.jpg

Colecção de Minerais

Espólio composto por várias centenas de amostras minerais provenientes, na sua grande maioria, do Brasil, dos Estados do Rio Grande do Sul e de Minas Gerais. Ametistas, calcites, moscovites, distenas, variedades de quartzo e turmalinas, são apenas alguns dos muitos exemplares que podemos encontrar nesta colecção.

 

P1210399.jpg

 

Azulejos

Alguns exemplares datados entre o século XVIII e a actualidade, quase todos de origem portuguesa, e francesa, pertencentes à maior colecção privada de azulejaria, que na sua totalidade abrange 500 anos do que viria a ser a forma de arte portuguesa por excelência.

 

Azulejos_barricas%20copy.jpg

 

O Aliança Underground Museum é uma excelente surpresa que se vai descobrindo ao longo dos túneis onde estão expostas centenas de peças do acervo “The Berardo Collection – Culture for life”, algumas com cerca de 1500 anos: Colecção; Arte Etnográfica Africana; Escultura Contemporânea do Zimbabué; Colecção de Minerais; Colecção de Fósseis; Azulejos e Cerâmica das Caldas.

 
Destaca-se da visita a "estação cor-de-rosa", uma parede coberta de quartzos rosa que com a iluminação quase nos transporta no espaço; a galeria de minerais, com centenas de peças de uma beleza extraordinária; a colecção de arte africana com a sua tónica na fecundidade; o túnel de esculturas impressionantes em pedra do Zimbabué, e claro, a imensa cave de barricas e túneis que termina, magestosamente, numa mesa enorme, peça única admirável, onde a iluminação de uns candeeiros que sobraram da remodelação do Savoy na Madeira ( criam toda a ambiência de um jantar da Maçonaria ou da Távola Redonda.
 

38308959.jpg

 
O Museu inaugurou a 24 de Abril e de acordo com o site oficial  em apenas um mês recebeu mais de 10 000 visitantes.  Como o mesmo relata "um número surpreendente de visitas para um museu inovador que se encontra fora dos grandes centros urbanos.
 
 
O Aliança Underground Museum comprova ser uma clara aposta de Joe Berardo na senda da descentralização e democratização da cultura, tornando-a gratuita, acessível a todos e durante todos os dias."
 

0003A308001383.jpg

alianca-underground-museum.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

DSC_0117.jpg

 

 

 museu_alianca_01-300x199.jpg

 

 

 Design de Flyers: Vanessa Paquete 2015 ©

Informações Textuais: Aliança Underground Museum & Catarina Pereira ©

Imagens: Aliança Underground Museum & Internet Search

Todos os Direitos Reservados Aos Seus Respetivos Autores ®

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.